7 dicas para ser um bom redator pra blogs

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Possuir dicas para ser um bom redator, pode ajudar muito na hora de ingressar na carreira e perceber que o mercado de blogs está longe de ser apenas um “bico” para gerar receita extra.

dicas-para-ser-um-bom-redator-1

Contratar os serviços de um redator, é uma das coisas que quem trabalha com marketing digital terá que fazer em algum momento da vida. Ganhar dinheiro com blog é algo até simples, porém requer dedicação e muitas vezes, é preciso terceirizar algumas tarefas para poder focar nas estratégias que farão o blog ser rentável.

Trabalhando como redatora há mais de um ano, pude perceber que existe uma resistência muito grande em algumas pessoas, de não quererem terceirizar o serviço de produção de conteúdo.

Acredito que isso se deva ao fato de que existem muitos, mas muitos, muitos e muitos “picaretas” (ainda não entendi porquê quem engana as pessoas é chamado assim) que se intitulam redatores, e acabam deixando uma péssima impressão nos potenciais clientes.

Depois de escrever centenas de artigos para os mais variados nichos, e o mais heterogêneo grupo de profissionais, consigo perceber de longe se um texto foi escrito por alguém com um mínimo de conhecimento linguístico, e que realmente leva seu trabalho a sério.

Com a franca expansão do marketing digital, a chegada do mercado de afiliados e tantas outras formas de ganhar dinheiro na internet, o redator transformou-se em um profissional muito requisitado, e somente aqueles que trabalham com seriedade, é que conseguirão se firmar no mercado e terem sucesso.

Partindo do pressuposto que você escolheu ter um blog como principal pilar do seu negócio digital e que, seu empreendimento crescerá com o passar do tempo, em algum momento dessa jornada contar com a ajuda de um produtor de conteúdo será primordial para otimizar suas publicações.

O que os pseudo-gurus dizem por aí, sobre redação freelancer

dicas-para-ser-um-bom-redator-3

Claro que se eu ficar falando da importância de um redator profissional, estarei regando minha própria horta, mas sinto a necessidade de explicar que esse tipo de serviço não é uma coisa qualquer, como alguns pseudo-gurus (aqueles caras que se acham os reis da carne seca), fazem pensar.

Já cheguei “ouvir” (na verdade ler) de um grande nome dentro do marketing digital, que conteúdo “é barato” e que existem milhares de pessoas que escrevem para blogs a preços de abobrinha (a banana subiu muito ultimamente), na postagem inclusive, deixava claro para não pagar muito por esse serviço.

Lendo esse tipo de postagem é que percebo porque existe uma certa discriminação com esses profissionais, os próprios pseudo-gurus não dão importância a conteúdo de qualidade, querem apenas “resultado” (= vendas).

Tudo bem, sabemos que o mercado é muito heterogêneo e que muitos blogueiros e donos de sites já entenderam a importância do conteúdo relevante e que ajuda os clientes e visitantes, mas essa pequena parcela de “o-que-interessa-é-a-grana-no-bolso” acaba deixando a imagem do redator manchada.

Assim, depois de alguns meses escrevendo todos os tipos de textos, falando de dezenas de assuntos diferentes, sinto-me na obrigação de fazer alguma coisa pela comunidade de pessoas que deseja entrar no mercado de redação para blogs. A procura é alta, e se o serviço for de qualidade, é possível se manter apenas com a grana dos textos, como eu faço todos os meses.

Dicas para ser um bom redator – Conteúdo de qualidade X Práticas de SEO para ranqueamento

dicas-para-ser-um-bom-redator-4

Senti necessidade de falar alguma coisa sobre esse assunto que já gerou inúmeras postagens e até mesmo bate-boca em alguns grupos de marketing digital no facebook. Existem profissionais que afirmaram e provaram que somente conteúdo não ranqueia no google, porém, sem dúvida é o que faz com que as pessoas comprem.

Esse tipo de postagem, deixa a cabeça das pessoas que não entendem muito de SEO, completamente confusa. Oras, se o que fará com que meu blog chegue nas primeiras posições são os backlinks, então vamos comprar vários e esperar as visitas. E é aí que está o erro.

O algoritmo do Google está se aperfeiçoando, agora em 2016 o robô criou status de consciência e consegue discernir se o que está escrito no post é bom ou não para a audiência. Ou seja, logo o que realmente ranqueará um blog ou site será seu conteúdo e não o número de links que apontam para ele.

Porquê achei importante falar disso aqui ? O motivo é que em um futuro próximo, até mesmo as pessoas que usam apenas links para ranquearem seus sites, precisarão de conteúdo, e o mercado precisará de bons profissionais para atender a demanda.

Para ter certeza disso, basta perceber como você faz pesquisas no google quando vai escrever um artigo novo. Já reparou que nem sempre o melhor conteúdo está no topo e acabamos largando esses sites, indo buscar respostas até mesmo na segunda página ?

O robô do google percebe esse comportamento, e por isso está aperfeiçoando o algoritmo para conseguir mostrar para seus usuários o que eles realmente querem ver. Já cheguei entrar em sites nas primeiras posições que são horríveis, saindo na mesma hora, com isso o tempo de permanência nesses blogs fica baixo, e o google registra.

Então, nessa briga de criação de estratégias até escusas, para ranquear artigos, ou produzir conteúdo de qualidade, a procura por bons redatores aumentará muito. Da próxima vez que vierem te contar o caso do pudim, pergunte quanto ele (o pudim) já ganhou, por estar na primeira posição para a palavra chave respectiva.

7 comportamentos que farão de você um bom redator freelancer

dicas-para-ser-um-bom-redator-2

Agora que já falei um pouco sobre a mentalidade de alguns pseudo-gurus, e também como as mudanças no algoritmo do Google, poderão aumentar a procura por bons redatores, está na hora de mostrar 7 coisas que todo bom redator tem que fazer para ter sucesso.

As dicas abaixo são resultado da minha experiência dentro do mercado, e me ajudaram muito a ter o sucesso que tenho hoje e também a mudar meus pensamentos para ser uma ótima prestadora de serviços.

1 – Valorize seu trabalho

No começo da minha carreira, quando estava desesperada para ter algum resultado financeiro, cheguei vender textos por míseros R$ 3,00. Isso mesmo, o máximo da desvalorização profissional somado a um cliente que explorava muito. O tempo foi passando e percebi a importância do meu trabalho, e foi então que comecei a valoriza-lo mais. Não falo apenas no preço que você cobrará pelos textos, mas sim em ter orgulho de entregar um pedido e saber que ali está o que você tem de melhor, o empenho que colocou para produzir um conteúdo de real qualidade para o seu cliente, e que acabará beneficiando todos os leitores do blog dele. Se alguém quiser “pechinchar” seu preço, vá para bem longe, porque se a pessoa não sabe valorizar o trabalho de outra, não merece trabalhar com profissionais de qualidade.

2 – Seja pró-ativo

Essa expressão enche nossos ouvidos a todo instante, talvez seja a qualidade mais procurada no mercado de trabalho, hoje em dia. O que significa ser pró-ativo ? Para um redator freelancer, esse adjetivo poderá ajudar a prestar um serviço melhor para seu cliente. Quando alguém aparecer com um pedido que possui parâmetros errados, é dever do profissional alertar o cliente para que ele não corra o risco de pagar por um serviço que não trará resultados. É bom lembrar que, dependendo da pessoa, a culpa do texto mal formulado nunca será de quem pediu, mas do redator que não entendeu e escreveu qualquer coisa, então sempre peça esclarecimentos ao cliente, quando o pedido não for bem formulado. Outra maneira de ajudar seus clientes é estudando sobre o público alvo que eles atendem, dessa maneira conseguirá dar dicas úteis e produzirá conteúdo com qualidade excelente.

3 – Tenha paciência

Essa dica pode parecer absurda e sem propósito, mas foi crucial em muitos momentos da minha carreira. Algumas pessoas que te procurarão são completamente leigas e não sabem nem o que é pesquisa de palavra-chave, por isso não adianta usar termos técnicos com elas. É preciso ter paciência para explicar, resumidamente, como a coisa funciona, até mesmo para que não gastem dinheiro com algo que talvez nem entendam direito ainda. Muitos cursos que ensinam a montar blogs, falam para contratar o conteúdo, mas não explicam o motivo de fazer isso. Ajudar essas pessoas, com explicações mais detalhadas, será a melhor maneira de cativar e conseguir um cliente em potencial.

4 – Seja transparente

Sempre deixe claro para os clientes como funciona a forma de pagamento (sempre antecipado, por favor), o prazo e a forma de entrega. A melhor maneira de deixar isso bem documentado, e evitar problemas, é pegando pedidos apenas por e-mail, já fiz a besteira de tratar com clientes apenas verbalmente e me dei muito mal, o melhor é documentar, por mais burocrático que possa parecer. Escreva tudo, guarde toda a correspondência em pastas separadas por cliente, no caso de surgirem dúvidas ou reclamações, você estará pronto para argumentar.

5 – Respeite seus limites

É maravilhoso ter pedidos grandes todos os dias, porém chega um momento que precisamos parar de aceitar novos textos. Esse, talvez seja o maior inconveniente de ser o próprio produto. No livro “Segredos da Mente Milionária” o autor dedica um capítulo inteiro a isso, sugerindo que a cobrança dos trabalhos seja feita por “participação”, para que a remuneração seja sempre maior, porém estamos carecas de saber que ninguém admitirá que um texto que o redator fez produziu vendas (isso é mentalidade e, infelizmente dentro do mercado brasileiro, não temos profissionais com a mente aberta a esse ponto ainda), então as únicas maneiras de aumentar os ganhos, é produzindo mais ou cobrando mais caro. Não caia no fascínio de ter muitos textos para entregar em prazos curtos, isso comprometerá a qualidade do serviço e também sua saúde. Passar horas na frente do computador, fará mal para sua vista e o nervosismo e estresse de trabalhar sobre pressão será super maléfico para seu coração e estômago. Respeite seus limites, descanse a cada 30 minutos, durma pelo menos 6 horas por noite, nenhum dinheiro vale sua saúde.

6 – Leia muito

O segredo de um bom redator é ter conhecimento dos assuntos que são mais pedidos, mesmo que não seja seu nicho de interesse, é bom saber um pouco sobre cada nicho mais procurado. Escolha blogs de autoridade para seguir, fique por dentro das novidades, de vez em quando faça pesquisas de palavras-chave e veja quais são os sites e blogs que estão ranqueados nas primeiras posições para essas expressões. Coloque em uma planilha, ou aplicativo, as url’s dos sites que achou interessantes, fazendo assim criará uma biblioteca própria para quando tiver novos pedidos sobre o assunto.

7 – Aja com retidão e caráter

Eu deixei essa dica por último, pois ela parecerá óbvia demais. Não faça plágios, ou seja, não copie conteúdo de outros sites e venda como se fossem seus, existem inúmeras formas de saber se um texto é original ou não. De tanto falarmos sobre um mesmo assunto, corremos o risco de plagiarmos a nós mesmos, para isso não acontecer, passe seus textos por um identificador de plágio antes de entregar para seu cliente. Nunca, em hipótese alguma, jamais nessa vida, venda o mesmo texto para clientes diferentes, eles podem não se conhecer, mas em algum momento o google punirá um dos dois por terem artigos iguais, isso manchará seu nome e reputação para sempre. Não use ferramentas de spinner (softwares que alteram algumas palavras do texto e “misturam” os parágrafos para criarem um texto novo, diferente do original), os textos passados por esse tipo de ferramenta ficam horríveis, completamente sem sentido, robóticos, o cliente comprará uma vez e nunca mais voltará e seu nome será arrastado na lama do fracasso. Se desejar usar uma ferramenta dessas para fazer conteúdo para seus blogs, tudo bem, mas vender para clientes jamais.

Considerações finais sobre ser um redator de sucesso

Eu poderia falar muito mais sobre as qualidades que um bom redator precisa ter, mas isso deixaria o texto ainda mais longo e prefiro abordar alguns assuntos em outros artigos. Porém, gostaria de deixar claro que o mercado de redação é muito promissor, e se você gosta de escrever e não tem problemas com ortografia e concordância verbal, pode ser uma boa opção para ter renda extra ou até mesmo a principal.

O verdadeiro segredo do sucesso de um redator freelancer é gostar do que faz !

Se você gostaria de falar sobre sua experiência como redator(a) deixe um comentário abaixo. Mostre qual é a sua dica para ter sucesso escrevendo artigos para outras pessoas. Se tiver dúvidas em como ingressar nessa carreira, pode perguntar que responderei o mais rápido possível, mostrando mais dicas para ser um bom redator !

Sobre Helena Bochiski

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado. Os Campos marcados são obrigatórios *

*

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×