O Tico-tico e a celebridade ensinam como escrever um artigo de qualidade

Seu blog está no ar ? Já sabe como escrever um artigo para ele ? Vou dar algumas dicas super importantes para você aprender a criar conteúdo para seu blog !

como-escrever-um-artigo-1

Muitas pessoas pesquisam na internet para saberem como podem ter uma renda extra. Existem muitas possibilidades, mas, acredito que a que tenha mais opções de consulta seja criar um blog, ou o que todo mundo chama de negócio online.

Para montar seu negócio online é preciso de muita força de vontade, crença em você mesmo e, principalmente, paciência. Sim, porque quem acha que ter um blog é uma coisa fácil e que traz dinheiro rapidamente, sinto muito desapontar mas, não é nada disso.

Você cria um blog e precisa escrever artigos para ele 

 Você entrou no google e pesquisou: “Como ganhar dinheiro online” e, com certeza, caiu em algum site que indicava um curso para “criar seu negócio do zero, rentável e escalável”.

Essas palavras estão em 99% dos cursos de marketing digital, e se comprou um curso desses e pretende trabalhar online, parabéns, você agora é um empreendedor digital, com todas as consequências que essa expressão possa trazer de bom, e de ruim também.

Agora você deve estar pensando: “De ruim ?”. Sim, ruim. Ser um empreendedor digital e começar um blog tem algumas etapas ruins que você deverá passar, e é justamente nessas etapas que muitas pessoas desistem do sonho de ter um negócio online.

Vou te contar um segredo que ninguém nunca te contou: “NENHUM curso vai falar para você dessas etapas ruins antes de você chegar nelas, realmente”. Você não vai ouvir falar disso em nenhum vídeo de vendas. Pelo contrário, vai ouvir falar que é maravilhoso ter um blog e que fará muitas vendas com ele, porque afinal de contas ter um blog é ter um negócio no piloto automático.

Agora você dirá: “Puxa, então ter um blog é um negócio ruim ?”. E eu respondo: “Não. Mas tem um detalhe que você precisa saber desde já.”

Curva de aprendizagem, sem ela você vai chegar em lugar nenhum

como-escrever-um-artigo-4

A grande sacada de todos os cursos de marketing digital, e que nenhum deles ensina, é que para ter os resultados que os produtores mostram, você tem que passar por uma coisa que se chama “Curva de Aprendizagem”. Em alguns casos ela pode ser bem acentuada, tipo estrada velha de Santos.

A curva de aprendizagem é o tempo que você leva para aprender as aulas do curso, aplicar, testar, e só depois disso começar a ver os resultados, que no caso do Marketing Digital são as vendas.

Estamos falando aqui de um tempo que pode variar de 3 meses há alguns anos (tem pessoas que estão no marketing digital há mais de um ano e ainda não fizeram a primeira venda como afiliada).

Porquê os produtores não falam dessa curva ? Porque, não seria bom para os negócios que eles informassem que para ter seu negócio online, você tem que ralar muito e por um bom tempo. Você compraria um curso que te dissesse isso ? Não ? Então…

Porquê eu estou te falando isso ? Desejo que os empreendedores digitais que estão começando, tenham uma visão clara do que vem pela frente, que eles saibam que tem uma porção de coisas a serem feitas, mas que depois que elas são executadas as recompensas são muito legais, e nem estou falando de vendas.

Conteúdo de Qualidade, pode não ranquear mas, é fundamental

como-escrever-um-artigo-5Há algum tempo atrás, o especialista em SEO Byong do site “mundo Y”, publicou um artigo que pretende calar a boca de quem diz que o Google gosta de conteúdo de qualidade para ranquear bem os blogs nos mecanismos de busca.

Ele colocou 3 exemplos de sites que estão na primeira página dentro de seus nichos, e onde não existe nenhum conteúdo. Isso mesmo. Um site bem posicionado no google, sem nenhum conteúdo de qualidade.

Confesso que fiquei um pouco receosa com esse artigo, porque já consegui ver inúmeras pessoas montando qualquer página mal acabada, apenas para vender algum produto, otimizando ao máximo as técnicas de SEO e pronto ! Teremos uma primeira página do google cheia de… nada !

Só que não ! Grandes experts nacionais e internacionais explicam porque o conteúdo de qualidade é o caminho das pedras para quem quer ter autoridade e vendas recorrentes.

Não precisamos ser extremamente inteligentes para perceber que um blog que tem muitas visitas, é aquele que tem um layout bacana e, muitos artigos que agregam valor aos leitores. Tudo bem, a hora que o leitor quiser alugar um trator (leia o artigo do Byong) ele vai lá naquele site que está ranqueado na primeira página do google, mas se ele quiser saber a melhor forma de manter o trator funcionando bem, ele terá que achar um blog com conteúdo de qualidade falando sobre isso (puxa, acho que temos um micro nicho aqui !).

Se você quer ter autoridade no seu nicho de mercado, tem que entregar conteúdo relevante para sua audiência, e se você não sabe do que eu estou falando, então é melhor assistir ao módulo de produção de conteúdo do seu curso novamente. Só para refrescar a memória.

Autoridade, relevância, visitas orgânicas, tico-tico no fubá e… vendas, muitas vendas !

como-escrever-um-artigo-6

Depois de uns 4 meses respirando Marketing Digital (sim, existe muita coisa para ver, ler, aprender, aplicar) eu finalmente descobri o segredo de quem faz muitas vendas através dos artigos do blog.

Eu não sei se deveria contar esse segredo, talvez eu o venda a um preço acessível para ajudar o maior número de pessoas, ou crie um e-book e entregue como bônus para quem assinar minha lista (se você é um bom aluno de MD percebeu o mega gatilho mental que usei nesse parágrafo).

Tá bom, vou te contar vai… tenho vários assuntos legais para colocar em e-books para distribuir por aí, o ÚNICO segredo para fazer muitas vendas com artigos do blog é… tátátátá… rufem os tambores…. bambambam…

Ter AUTORIDADE !!!!

Ah… você pensou que eu ia contar uma super estratégia escusa, que só se aprende nos submundos do marketing digital da Nova Zelândia né ? Desculpe se te decepcionei. A única coisa necessária para vender com artigos do blog é, ter autoridade no seu nicho.

Vou exemplificar para você entender melhor, imagine a seguinte situação:

O tico-tico e a celebridade

Seu vizinho te encontra na rua e diz que descobriu um jeito infalível de perder a barriga de cerveja, sem fazer muito esforço. Ele conta que todas as manhãs, enquanto toma banho, ele assobia a música “tico-tico no fubá” ao contrário e, que dessa forma, ele viu a barriga dele desaparecer.

Você olha pasmo para ele e pensa: “caso de internação, o cara pirou de vez”. Agradece a informação e sai rindo, rumo ao seu trabalho (se você for empreendedor digital online, volta para dentro de casa e vai produzir conteúdo de qualidade).

Aí você entra no facebook e vê a postagem de uma celebridade famosa qualquer, ensinando uma forma infalível para perder a barriga de cerveja. Você abre o vídeo e vê essa celebridade ensinando a assobiar a música “tico-tico no fubá” ao contrário enquanto toma banho.

No dia seguinte, durante seu banho, você se vê assobiando a música “tico-tico no fubá” ao contrário, super esperançoso de ver sua barriga de cerveja sumir. O que levou você experimentar depois que a celebridade famosa disse que funcionaria ? Seu vizinho já havia dito isso. Só que, seu vizinho não é alguém conhecido, mas a celebridade é, oras !

A última coca gelada do deserto

como-escrever-um-artigo-3

Entendeu a autoridade ? Uma pessoa que tem autoridade vende gelo para eskimó, edredon para cearense, curso de marketing digital para guru. Simples assim. Se a sua audiência te reconhece como uma autoridade, ela comprará qualquer coisa que oferecer.

Tivemos um exemplo disso, tempos atrás, quando um mega guru do MD trouxe de volta para os 150 graus do Hotmart um curso que já tinha ido para o limbo. O moço mandou um e-mail na lista, e as vendas do produto decolaram para a primeira pagina de aquecidos da plataforma novamente.

Então, antes de pensar em estratégias de SEO para seus artigos no blog, comece a construir autoridade no nicho que quer trabalhar.

Com autoridade você consegue ter visitas orgânicas no seu blog (as tão sonhadas visitas gratuitas vindas do google), as pessoas vão pedir para receber seus e-mails na caixa de entrada delas (li isso em uma carta de vendas, mas não me lembro em qual), você será o irresistível do nicho. Então simplesmente verá as vendas acontecerem. Simples assim.

E o mais incrível, com certeza, irá fazer a proeza de vender mais de uma vez para a mesma pessoa, isso é o sonho máximo de cada guru em seu nicho de mercado. Pense ! As pessoas da sua lista dizendo: “Ah ! só vou comprar esse curso se o Boris vender” (nome fictício).

Visualizou ? E tudo isso, porque você entrega conteúdo de qualidade e relevante para sua audiência, você resolve os problemas dela, você sempre indica produtos que vão ajudar a melhorar a vida dessas pessoas. Você é o cara (ou a mina) ! As “mina pira” quando abrem seus e-mails !

Blá, blá, blá, whiskas sachê e 8 dicas de como escrever um artigo para seu blog

como-escrever-um-artigo-8

Bom, agora que você entendeu tudo sobre cursos de marketing digital, curva de aprendizagem e, como perder a barriga de cerveja, vou te dar algumas dicas para ajuda-lo na difícil tarefa de escrever um artigo para seu blog. Mas, leia rápido, porque eu não sei quanto tempo vou deixar essas dicas nesse artigo, talvez pela eternidade, mas nunca se sabe.

Primeiro, eu quis te falar todas essas coisas para você entender a importância do conteúdo de qualidade para um blog e, porque você não deve encher sua sidebar de banners com produtos à venda, confundindo o leitor que estava atrás de informação relevante.

Esse tipo de coisa queima seu blog, uma pessoa que tem uma má experiência em um blog, na primeira visita, não volta nunca mais e ainda faz a propaganda negativa – “o blog do Boris é uma caca (para não dizer a outra palavra) !”. “Fiquei perdida no blog do Boris, aí me enchi e fui visitar o segundo blog que estava na busca”.

Ou seja, o conteúdo de qualidade pode não ser relevante para o google colocar entre os primeiros nas buscas, mas com certeza será o responsável pela sua notoriedade no nicho de trabalho e pelas suas vendas.

E você deve pensar: “mas se meu blog não estiver na primeira página, como as pessoas irão me visitar e comprar ?”. E eu respondo: Se você tiver autoridade e entregar conteúdo relevante, as pessoas nem irão mais buscar nada no google, irão direto para o seu blog, porque ele será tão bom que estará na barra de favoritos da sua audiência (ou você acha que cada um que entra no “viver de blog” pesquisa no google antes ?).

Chega de mimimi e vamos às dicas de como escrever um artigo de qualidade para sua audiência:

1 – Descubra sobre o que as pessoas estão querendo saber

Quando pensar em um novo artigo para seu blog, pesquise antes sobre o que as pessoas estão querendo saber dentro do seu nicho. Não tem nada mais chato que entrar em um blog e ler um assunto que está se repetindo por toda a mídia. A crise no país é um fato, mas que tal falar dos empreendedores que estão vencendo a crise ?

Aborde o assunto de uma forma diferente, se você for falar de “como ganhar dinheiro online” não repita as mesmas informações dos 876665338840005 blogs desse nicho. Pense em você, o que VOCÊ gostaria de ler que não está publicado em blog nenhum ?

Dê uma olhada nos fóruns de perguntas e respostas, leia os comentários das pessoas nos grupos que você participa. Faça a diferença e crie sua marca.

2 – Pesquisa, pesquisa, pesquisa

Antes de começar a colocar as ideias no papel (ou na tela do PC) pesquise bastante sobre o assunto, escolha as palavras-chave mais relevantes para colocar no título e no texto (afinal, você não quer que sua autoridade faça tudo sozinha).

Quando fizer a busca para encontrar artigos semelhantes leia pelo menos 3 fontes diferentes (cinco é o ideal), uma dica que deixo aqui: vá até a segunda ou terceira página da pesquisa, já encontrei muitos blogs com informações ótimas na terceira página das buscas (eles não sabem nada de SEO, tadinhos).

Se você tiver acesso a mídia impressa (revistas, jornais) veja o que falam sobre o assunto que vai abordar no seu artigo, na web os grandes portais costumam ter colunas de blogueiros dentro dos nichos mais relevantes, dê uma passada por essas informações de vez em quando.

3 – Arrumando as ideias

Você já sabe o assunto e já pesquisou palavras-chave, fontes e referências ? É hora de escrever !

Uma dica de algo que dá super certo quando escrevo é, começar a escrever sem pensar em formatação, em montagem de parágrafos, nada. Sente e comece a teclar tudo que vem na sua cabeça sobre o assunto. Eu chamo de self-brainstorm (tempestade cerebral própria), é ótimo para fazer o esboço do texto final.

Como diria o empreendedor Anderson Chipak “blogar só porque tem vontade”, esse é o segredo dos textos mais interativos. Quando você esquece que está tentando ranqueamento de uma determinada palavra-chave, quando você escreve apenas porque gosta de fazer isso. O texto flui e nascem os artigos de 2, 3 mil palavras.

4 – Separado é melhor

Sempre utilize os recursos de subtítulos (h2, h3, h4), deixa o texto com melhor visualização e não fica cansativo para o leitor. O visitante entra no seu blog e vê um artigo gigante sem subtítulos, ele logo pensa: “mas vou ter que ler tudo isso ?” e sai fora. Então sempre dê uns 2 ou 3 parágrafos de introdução, um H2, o texto desse H2, outro H2, se os H2 forem muito extensos pode introduzir alguns H3.

Para quem não sabe, esses “hs” são uma forma de subdividir os títulos no WordPress, ótimos também para ajudar no ranqueamento do google (deixar verdes as famosas bolinhas do plugin SEO).

5 – Uma imagem vale mais que mil palavras, mais de uma então…

Todo mundo já ouviu dizer que uma imagem vale mais que mil palavras, e é verdade, muitas vezes conseguimos captar uma ideia apenas vendo um desenho, ou uma foto. Com os artigos do seu blog não é diferente.

Escolha sempre uma imagem que tenha haver com o assunto do seu artigo (uma vez li um artigo sobre e-mail marketing que tinha a foto de uma moça sentada num banco de praça. Detalhe, ela não tinha nem um celular na mão para dizer que estava lendo e-mails).

É muito comum acharmos imagens legais e querermos coloca-las no texto, analise antes se haverá relevância com seu assunto. O normal é vermos blogs que colocam apenas uma imagem no começo do artigo, se o seu texto for longo, recomendo colocar uma a cada H2, chama a atenção do leitor e cria uma experiência visual muito agradável (ajuda a criar autoridade, lembra disso ?).

Vou deixar aqui alguns lugares onde costumo pegar imagens gratuitas e livres de direitos autorais que você poderá usar nos seus artigos também.

www.morguefile.com (gosto muito dele, já li alguns comentários desfavoráveis, mas para os meus artigos sempre acho imagens legais aqui).

www.gratisography.com (esse não tem muitas imagens, mas a definição é muito boa e tem imagens muito sugestivas, para os artigos ficarem memoráveis)

www.picjumbo.com (comecei a visitar esse mais recentemente e tem bastante coisa legal também, mas precisa garimpar bem).

Existem sites de imagens pagas, honestamente acredito que você só deveria investir em imagens quando tiver mais de um blog e, se fizer muitas postagens, esses sites costumam trabalhar com pacotes de muitas imagens que acabam ficando caros (o preço de cada imagem fica super barato, mas você precisa pegar o pacote inteiro para poder ter uma imagem).

6 – Título por último

Pode parecer estranho, mas eu nunca escrevo o título primeiro. Geralmente a ideia de um título mais chamativo vem depois do texto pronto, às vezes dá trabalho encaixar a palavra-chave no título fazendo dessa forma, mas o resultado é um título com muito mais apelo de leitura (o título desse artigo antes de eu termina-lo era: “Você sabe como escrever um artigo ?).

Pode acontecer de você ter ideias para vários títulos diferentes, escreva todas e depois não as jogue fora, pode nascer um novo artigo a partir desses esboços.

7 – Preparar, publicar e ranquear

Artigo pronto, com imagem, pelo menos 300 palavras, palavra-chave no título, na descrição e se possível em um dos cabeçalhos H2. Há algum tempo, li uma postagem do empreendedor Daniel Grecco ensinando a escolher apenas 2 desses 3 lugares para usar a palavra-chave, ele informou que sentiu uma melhora nas visitas depois que começou a fazer isso nos artigos dele.

Se for você mesmo que publica no seu blog, deve saber das bolinhas do plugin SEO que temos que deixar verdes não ?

Pois é, tente deixar o mínimo de bolinhas laranja, mas cá entre nós, não caia na paranoia de deixar todas elas verdes a todo custo, já li em vários sites de SEO que tem algumas bolinhas ali que podem ficar laranja, as mais importantes são as do título e descrição, e claro que pelamordedeus a de imagem e tamanho do texto você sempre irá deixar verdinha, certo ?

8 – Se você não sabe como escrever um artigo, é hora de contratar um freela

como-escrever-um-artigo-2

E agora vou vender o meu peixe. Se você não sabe como escrever um artigo, e mesmo com essas dicas que eu dei acha que será complicado, pode contratar um redator freelancer, como eu !

Eu escrevo para blogs de qualquer nicho, sempre otimizando o texto e respeitando a palavra-chave. Você pode ter artigos a partir de 500 palavras até quantas palavras você quiser, por preços justos e acessíveis.

Você define a palavra-chave principal e as relevantes e tem a garantia de  um texto otimizado, com conteúdo relevante para resolver a dor da sua audiência.

Para receber a tabela de preços e condições de contratação do serviço de redator freelancer, por favor, escreva para bochiski@uol.com.br, também pode curtir nossa página no face e deixar um recado por lá.

Agora se quiser APRENDER como escrever artigos que vendem e magnetizam sua audiência, recomendo que conheça o e-book OS SEGREDOS DOS ARTIGOS QUE VENDEM, de minha autoria, onde ensino um passo a passo para escrever textos que engajam e fazem vendas todos os dias.

Espero que tenha lido esse artigo com muita atenção e, principalmente, que tenha entendido que conteúdo de qualidade é sim, muito importante para seu negócio online.

Você ouvirá falar várias coisas sobre ele não ser muito importante, mas acredite, através do conteúdo que atrairá e cativará sua audiência.

O conteúdo que entregar em seu blog será a diferença entre ser um verdadeiro empreendedor digital ou apenas mais um panfleteiro digital (sabe aquelas pessoas que entregam panfletos de apartamentos nos semáforos ?).

Através do Blog do Conteúdo eu quero ajudar mais e mais pessoas a produzirem seus conteúdos. Seja através da produção de artigos como freelancer, ou através das dicas que postarei por aqui.

Seja bem vindo ao mundo do empreendedorismo digital, onde mais que ter um blog, temos a responsabilidade de produzir informação relevante para uma população cada vez mais ávida por conteúdo !

5 Comentários

  1. Realmente muito bom este artigo. Parabens.

  2. Excelente conteúdo, tenho certeza que vai ajudar muita gente!!

  3. Olá
    esta semana estou com a tarefa de escrever sobre uma pessoa importante e estava eu pesquisando e me deparei com sua pagina, achei fantástica, me ensinou muito sobre o que eu buscava e sobre outras coisas mais.
    Confesso que ando meio desiludida com os escritos que tenho visto por ai.
    Obrigada pelas dicas valiosas.
    Sucesso sempre,
    isabel Borgert

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado. Os Campos marcados são obrigatórios *

*